Mergulho o mais arriscados esportes radicais

mergulhoEntre os esportes radicais o mergulho é, certamente, que oferece maior prazer e também maior risco, práticas antigas dos homens, que o utilizava primeiramente forma conseguir enriquecer o cardápio, com os valiosos e também saborosos frutos dos mares, rios e também lagos, o mergulho passou sustentar cobiça instrumento exploração caçadores riquezas submarinas, fossem elas naturais ou fruto naufrágios. Com o incremento industrial e também premência procura recursos naturais, principalmente minérios e também combustível, e também expansão das cidades os domínios Netuno (Poseidon), o mergulho transformou-se uma profissão.
Atualmente milhares de empresas contratam equipes de mergulhadores, sejam elas mineradoras, petroleiras ou até mesma construção cível, especializadas em pontes, diques e também portos. Porém as atividades que mais têm se revelado promissoras são as dos mergulho esportivo e também turístico. O mergulho consiste na exploração submarina utilizando-se ou não equipamentos singulares.

Tipos mergulho
Existem três tipos mergulho: liberdade, autônomo e também o dependente ou semi-autonomo (umbilical). mergulho de forma livre, também publicado apnéia, o mergulhador não usa equipamentos respiração subaquática. Consiste essencialmente nas técnicas uma descida sem o auxílio de equipamentos que asseguram respiração subaquática. O mergulhador depende com exclusividade sua capacidade pulmonar, preparação física e também controle emocional. Vale-se seus próprios pulmões e também técnicas desenvolvidas por séculos para sustentar-se sob as águas.

O mergulho de forma livre se subdivide em copiosas modalidades competitivas ou não: o mergulho contemplativo que é uma forma ludambulismo pelo envolvente aquático; o mergulho com lastro jacente, onde o mergulhador desce uma determinada profundidade usar um cinto lastro sem cabo-guia; lastro metódico sem nadadeiras (com as mesmas menarquia o anterior); mergulho de forma livre, onde usa-se somente um cabo maior profundidade provável; lastro variável, quando se usa lastro prudente (sled) ligado ao cabo-guia e também em seguida atingir profundidade desejada, o mergulhador abandona o lastro e também retorna à superfície utilizando o cabo-guia ou as nadadeiras; apnéia estática com ar onde o contrário respire ar puro anterior.
Afinal temos ” limits” que é variante dos grandes profundistas, derivada do lastro variável, porém com diferença modo retorno à superfície. O mergulhador é possível que utilizar-se um balão ou colete inflável, ou ainda outro meio mecânico subir o mas rápido verosímil, devido à extensa profundidade atingida. os iniciantes é recomendado o mergulho de forma livre. Só comdoze anos idade é que se é possível que estrear com o mergulho autônomo.
Em 2009, mergulhadora brasileira Karoline Mariechen Meyer, praticante apnéia, transformou-se o humano com o maior tempo sob chuva planeta. Karoline, que já havia vencido quatro recordes mundiais apnéia, chegou à incrível marca 18 minutos e também 32 segundos na variante apnéia estática com gás. brasileira conseguiu superar o recorde do itálico Gianluca Genoni 29 segundos.
Além dos quatro recordes mundiais precedentes, Karol também já havia capturado 2 recordes pan-americanos e também 22 sul-americanos, além ser eleita melhor mergulhadora e também instrutora mergulho liberdade do planeta. modelo, denomina apnéia estática com ar, aquiesce que o contrário respire gás puro de antemão prender o fôlego. O fato foi incluído Guinness World Records.
mergulho autônomo o mergulhador conta com o auxilio equipamentos que este carrega e também que lhe autorizam respirar debaixo d’ água. O gênero de mergulho é bastante utilizado tanto exploração submarina cavernas pesca emergulho turístico. Já mergulho dependente, o suprimento nitrogênio não é levado pelo próprio mergulhador, sendo sustento feita gretar da superfície canal um compressor atmosfera e também uma mangueira.
Essa variante deixa que o mergulhador fique mas tempo embaixo d’chuva com auxílio do equipamento respiração. O mergulho autônomo é possível que ser dividido essencialmente em: divertido e também técnico (ou descompressivo). profundidade limite gênero mergulho está na mansão dos quarenta metros. lascar daí, os efeitos da narcose pelo nitrogênio se acentuam, tornando perigoso o mergulho realizado simplesmente com nitrogênio comprimido (constituído por volta de 21% ar e também 79% nitrogênio).
tipos mergulho que escapam do recreacional ou esportivo, são usadas misturas gases, citando caso análogo, o “trimix”, onde se aumentam as porcentagens do gás hélio, diminuindo nitrogênio e também/ou ar. Mergulhos considerados “profundos” são extremamente arriscados e também não são autorizados mergulhadores recreacionais. tanto, o mergulhador deve se sujeitar cursos singulares. O recorde profundidade em mergulho autônomo pertence ao mergulhador técnico Sul Áfrico, Nuno Gomes, que desceu -318,25 metros, submetendo-se uma pressão quase 33 atmosferas.
O mergulho em caverna, que mistura técnicas espeleologia e também mergulho, é tipos mas emocionantes e também fascinantes desta prática, porém também e também na mesma proporção, mas perigosos, exigindo dos seus praticantes conhecimentos especializados (a começar de forma correta desancar as pernas na natação, até o conhecimento cabos e também carretilhas, além da utilização equipamentos privativo e também com suplente).
Já o mergulho dependente não é praticado mergulhadores amadores ou esportistas. não há limitação atmosfera permanência do varão sob chuva, os limites não descompressivos do mergulho acabam sendo ultrapassados. Isso exige muita disciplina, porque são precisas várias paradas descompressão. Dependendo da profundidade e também do tempo, uma interrupção guarnecimento atmosfera também é possível que ser trágico. O mergulho dependente é o mas utilizado profissionais. Mergulhadores plataformas petróleo e também da construção social se valem dele conseguir trabalhar mas tempo debaixo d’agha.

Padre foi o primeiro
O primeiro homem a submergir com segurança foi o padre ítalo Giovanni Alfonso Borelli, também geradores do concepção do “pé de pato”. Em 1679, este contou com um traje impérvio fato pele e também untado com graxa. rústico equipamento foi uma tentativa reduzir o desgaste azado pelo insensível, grandes preocupações dos mergulhadores e também que é possível que até valer morte hipotermia. De antemão dele, porém, o cronista helênico Heródoto relatava que o imperador Xerxes tinha organizado expedições buscar, nas profundezas do oceano, os tesouros submersos dos persas e também Aristóteles, o notável filosofo da Grécia antiga, narrou descida Alexandre, o Extensa, num sino mergulho primitivo observar vida marinha.

Em 1899, o francesismo Besnoit Rouquayrol patenteou o primeiro aparelho respiração autônoma. Faltava, porém, uma válvula subida pressão, sem que não havia lastrar as altas pressões existentes profundeza do mar. Coube ao compatriota Jacques-Yves Cousteau encontrar solução, em 1943, enquanto vivia sul da França, praticando caça submarina para se sustentar. Trabalhando com o engenheiro Emile Gagnham, Cousteau projetou uma válvula subida pressão. Aperfeiçoado Cousteau, o aparelho Rouquayrol foi batizado aqualung.

Dicas sobre alimentação saudável para praticar o mergulho

Para praticar qualquer tipo de esporte é preciso tomar uma série de cuidados, principalmente quando se tratar de alguma atividade que requeira muito desgaste físico. Esse é o caso dos praticantes de mergulho, esporte aquático classificado como perigoso, e que por isso, requer cuidados redobrados.

Quando falamos de corredores, futebolistas e qualquer outro atleta de esportes em solo, a resistência física precisa estar muito bem preparada. Esportistas de água possuem um fator a mais que faz com que devam ser extremamente treinados: a água, principalmente se o esporte for praticado no oceano.

Outros fatores que fazem com que o mergulho seja um esporte desgastante, incluem correntezas, temperatura da água, necessidade de nadar mais rápido para fotografar animais exóticos, ou para fugir de predadores inesperados.

Mergulhadores enfrentam ambientes hostis, dependendo do local de mergulho, um dos fatores principais que exigem bastante do corpo físico, é a pressão da água que aumenta a cada metro descido, a salinidade também contribui para ressecar a boca, criando a necessidade de ingerir alimentos doces para restaurar o paladar.

Mas, o quê exatamente um mergulhador pode, ou deve comer antes de descer a grandes profundidades ? Cada sessão de mergulho pode fazer o esportista perder até 4 quilos, sem falar na fadiga que o peso do equipamento e os movimentos de natação causam.

Alimentos mais indicados para antes do mergulho

alimentação para mergulhadores

Geralmente os esportistas fazem mais de uma descida no mesmo dia, isso acontece para minimizar os valores gastos com equipamentos, oxigênio e até aluguel da embarcação. É preciso aproveitar ao máximo. Entre um mergulho e outro é aconselhável repor a energia que foi gasta para não ter problemas na próxima sessão.

A regra principal de alimentação é pouca gordura e muito carboidrato complexo, esses elementos repõem a energia no organismo de forma rápida e com segurança. Além disso, não existe necessidade de conter muito açúcar no alimento, já que esse elemento pode mascarar uma crise hipoglicêmica (pouca glicose no sangue).

É preciso tomar cuidado com alimentos industrializados que contém altas taxas de gordura. Analise as embalagens dos produtos antes de consumir. Veja uma conta segura para achar os percentuais de energia dos alimentos:

  • Gordura – geralmente mostrada em gramas – multiplique por 9 (nove) para achar a quantidade de calorias e divida pelo valor total de calorias que o alimento possui para saber quantas delas são originadas por gordura.
  • Carboidrato – geralmente mostrado em gramas – Multiplique o valor por 4 (quatro) para saber as calorias e divida pelo total de calorias para saber quantas são originadas por carbos.

Com esse cálculo, fácil de ser feito, é possível descobrir quais alimentos possuem mais carboidratos do que gorduras, e são esses que deverão compor a refeição para repor as energias de uma sessão de mergulho, aqui você pode ver algumas receitas que vão ajudar.

Como o ambiente envolve muita água e pouco espaço para carga, um sanduíche não seria a melhor opção, frutas seriam ideais para precisam ser lavadas e conservadas adequadamente, assim a melhor maneira, de alimentar um mergulhador, é através de barras de cereais ou alimentos próprios em forma de gel, eles repõem a energia e não fazem peso no estômago, evitando os famosos enjoos.

Frutas secas, como a banana são muito indicadas, assim como pão integral e biscoitos das categorias light ou diet (apenas pela baixa concentração de gorduras). Outra recomendação dos profissionais é beber muita água antes do mergulho e tomar isotônicos nos intervalos.

 

Dicas para iniciantes do mergulho

A prática de mergulho é uma das muitas atividades esportivas que requerem treinamento específico, e que envolve um risco constante, já que em uma sessão de mergulho podem ocorrer muitos imprevistos, é preciso muita preparação e conhecimento para não arriscar a vida.

Um dos principais perigos, que um mergulhador pode enfrentar, é o encontro com predadores como tubarões, arraias e outros tipos de animais carnívoros ou venenosos. Assim, conhecer bem os locais seguros, para a prática do esporte, é primordial para ir pegando experiência e poder avançar aos poucos em territórios mais exóticos.

dicas de mergulhoMuitas pessoas começam a praticar o esporte para poderem ver de perto as maravilhas que podem ser encontradas embaixo do oceano, mas o mergulho em mar aberto é um dos mais perigosos e que exige treinamento diferenciado e equipamento especializado. Diferente de mergulhar em uma piscina, o ambiente marinho possui muita pressão e o efeito da salinidade pode deixar os esportistas desidratados.

Se você está pensando em começar a praticar mergulho, saiba que é necessário muito tempo de treino antes de enfrentar a primeira sessão, propriamente dita. É bom também preparar o bolso, pois o equipamento exigido é um pouco mais caro que os de outros tipos de esportes. Veja abaixo 7 dicas que separamos para quem pretende começar a mergulhar.

5 Dicas para iniciantes do mergulho não desistirem de cara

Da mesma maneira que quando aprendemos a dirigir, a prática leva perfeição, com o mergulho não é diferente, cada sessão cria mais confiança e deixa o esportista preparado para novos desafios.

1 – Habilite-se

Antes mesmo de ter aulas na água, é preciso tirar uma certificação PADI – Professional Association of Diving Instructors (traduzido literalmente = Associação Profissional de Instrutores de Mergulho), tudo o que se refere à prática do esporte é monitorado por essa associação, e sua certificação é a mais cobiçada do ramo. No início o aluno receberá a primeira certificação que dá o direito de mergulhar a até 18 metros de profundidade.

2 – Procure um curso bom

A prática do mergulho inclui gastos consideráveis já no início, pois é indicado fazer curso em locais de boa reputação e com professores credenciados. Faça muita pesquisa antes de escolher uma escola de mergulho, procure referências, depoimentos de alunos e analise qual se adapta melhor às suas necessidades.

3 – Respeite o tempo

É comum, alunos que acabaram de se certificar e fazer as primeiras aulas quererem se aventurar em locais exóticos que sempre são comentados na mídia. Porém, como tudo na vida, mergulhar requer um aprendizado progressivo, no começo experimente locais mais seguros, e somente depois que tiver uma certa experiência poderá conhecer lugares que exijam um pouco mais de pratica, essa dica vale até para mergulhadores mais experientes, nunca é aconselhável arriscar-se pelo esporte.

4 – Respeite-se

Você pode sentir-se atraído pelo mergulho e, quando experimentar, sentir muita ansiedade, ou medo, no início é comum ter essas sensações, porém se continuar acontecendo mesmo após várias sessões pode ser que o esporte não seja para você. Mergulho tem que ser divertido.

5 – Mantenha a forma

O mergulho é um dos esportes que mais causa perda de calorias nos praticantes. Em apenas uma sessão, é possível perder grande quantidade de calorias. Apesar disso, não deve ser praticado apenas como maneira para perder o peso, é preciso estar atento à alimentação especial antes dos mergulhos, para manter a saúde e o corpo sempre em ordem.

Saiba quais os benefícios físicos que a prática do mergulho proporciona

mergulho

Mergulho é sinônimo de hobby para a maioria das pessoas que o praticam, mas o que elas não sabem é que trazem muitos benefícios para a saúde, pois é uma modalidade de atividade física. No fundo do mar é um paraíso aquático isso levanta paixão das pessoas por mergulhar e apreciar a beleza natural, e aproveitar os momentos mais lindo, isso tem chamado bastante atenção de muita gente que antes não tinham como hobby o mergulho e além de proporcionar atividade física para o mergulhador trazendo vários benefícios para a saúde.  O mergulho proporciona atividade física, pois e necessário movimentar o corpo com equipamentos e a resistência da água, isso faz com que trabalhe todos os grupos musculares do corpo.

Veja os benefícios que o mergulho proporciona

Um dos esportes mais compensadores que pode existir, um ótimo relaxante, tirar todas as tensões e fica livre do estresse porque é um dos lugares mais calmo do mundo. Não tem a pressão da gravidade com isso deixa o corpo leve, um momento impar na vida para relaxar e esquecer as dificuldades do dia a dia.

É ótimo para beneficio dos pulmões, exige muito do pulmão é necessário treinar antes do mergulho basicamente usa a boca para respirar através do equipamento de oxigênio, aumentando muito a capacidade pulmonar.

 

Os músculos ficam tonificados, pois o equipamento que carregamos a resistência da agua, isso faz com que se trabalham todos os músculos do corpo tonificando-os.

Trabalha os sentidos de direção, ou seja, como não tem como se comunicar verbalmente no fundo do mar, é necessário treinar o censo de direção através de sinais como os companheiros, a coordenação do corpo conta muito, pois só existem pontos de referencias.

Quando for praticar é importante treinar antes do mergulho e estar acompanhado de um mergulhador profissional para lhe orientar.